quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Niver do Pai

- Bem, estou com vontade de comer doce. Posso comer seu bolo?
- Só se você vier aqui e assoprar a minha vela!


Entra ano e sai ano e ele não muda.
Desbocado, desbaratinado, bon vivant. E houve quem dissesse que ele não chegaria nos 60. Não só chegou como ultrapassou.
Meia-três, negada. Colocando muitos no chinelo.

Meu Pai, meu herói, meu amor.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Senta o dedo aí!