terça-feira, 30 de agosto de 2011

#PartiuEuropa

Aeeeeeeeeeee, porra!!!! Que rufem os tambores, que soem as trombetas do apocalipse pq a ZONA LESTE tá embarcando pras Europa logo mais, em menos de 24 horas.

Chegou o grande dia! Depois de muita marmita na bolsa e de pular muita catraca no busão, olha nóis chegando lá na Avenida Campos Elíseos parisiense.
Eu não sei nem o quê falar, só quero que reclamar que foi um inferno fazer essa mala, puta que me pariu. 29 dias minha gente, que nervoso ter que levar roupa pra esse tanto de dia na gringa.

Não vejo a hora de pisar na Alemanha e começar minha EuroTrip ao lado do meu amor.
Tenho certeza que será inesquecível!!!

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Vem sonho, vem!

Estou há poucos dias de realizar um objetivo. 15 dias me separam da viagem mais sonhada de toda a minha vida.
As sensações são as mais diversas: ansiedade, tensão, nervoso, alegria, medo e por aí vai... Acho até que eu já expus este misto de coisas que venho sentindo por aqui, né? Mas só quem sabe o quanto eu penei pra chegar até aqui tem noção do que eu estou falando.

Na semana passada uma amiga minha que eu não falava há muito tempo ficou feliz ao saber que minha viagem se aproximava e disse: "Nossa Branquela, tô tão feliz de ver que você está conseguindo realizar tudo aquilo que sonhou! Parabéns". E é isso mesmo... A Nelita é uma das pessoas que sabem o quanto eu queria ter um carro, o quanto que eu queria conhecer a Europa e o quanto eu lutei pra achar um emprego legal.
Tudo vem dando certo, com aquele aperto maroto de sempre, mas tudo sempre sai do jeitinho que tem que sair. Estou muito feliz por ter chegado até aqui.

Aprendi que são os sonhos, os objetivos que nos movem. Eles são os responsáveis pela nossa fome de viver, por fazer nossa mente voar, imaginando mil coisas. Eles são o nosso combustível!
Quantas noites dormi sonhando em dirigir um carro só meu? Só Deus sabe!

Hoje eu fui ao mercado e assim que virei a esquina sentido minha casa, a lua sorriu pra mim. Gigante, iluminada, a coisa mais linda! Dei de cara com ela e sorri. No rádio tocava uma música francesa cantada por Carla Bruni. Neste momento eu soltei meus ombros, conduzi o carro com a maior calma e me entreguei àquele idioma, àquela música, àquela lua! A coisa mais louca da vida foi imaginar que estava a bordo de um sonho e partindo pra outro. Inexplicável!

Fico por aqui, traçando sonhos, metas e objetivos para o próximo ano. Farei de tudo para que essa trip seja inesquecível e que seja apenas o primeiro passo de muitos que pretendo dar em torno desse mundão.