terça-feira, 9 de novembro de 2010

Eu S2 Metrô de São Paulo!

Ai sabe, se tem uma coisa que eu queria muito que acontecesse nessa vida era ver o nosso prefeito Gilberto Kassab pegando metrô entre às 8h da manhã e às 18h, durante uma semana. Uma semaninha só, vai... não mata ninguém. A gente enfrenta esse CAOS por anos e anos, o que é uma semaninha, né gente?!
Mas tem que ser no horário bão, no rush mesmo. Não me venha fazer campanha em metrô às três da tarde como ilustra a foto ao lado, né?! Sifudê!

Cara, é impressionante como o trabalhador brasileiro sofre. Seja nas ruas, enfrentando um baita trânsito caótico ou então utilizando o meio de transporte público. Não dá pra saber o que é pior.
Só sei que um dia essa cidade vai encaralhar toda e ninguém vai escapar. Vamos todos ficar presos em um trânsito que vai durar dois dias seguidos, igual aconteceu em uma cidade aí que não lembro qual foi agora.

E aí? Ninguém faz nada? Ninguém faz obras, pontes, anéis, túneis ou sei lá o quê pra fluir o trânsito, né?! [Oi, sinto saudades das obras do Dr. Paulo Maluf!]. Sim, pq muitas pessoas preferem ir ao trabalho utilizando os meios de transporte com a intenção de gastar menos gasolina, menos paciência e, de quebra, chegar mais rápido. LEDO ENGANO!

Isso pq as obras para a criação das novas linhas de metrô viraram lenda e até agora nada se fez. Pelo contrário, colocaram mais trens pra circular achando que seria a solução. Tudo errado! Agora o metrô anda mais devagar ainda pq tem sempre que "aguardar a movimentação do trem a frente". O trânsito já chegou até embaixo da terra, amigues, vejam só!

Sem contar as merdas que você tem que ouvir, sabe? "Pessoal, não fiquem na região das portas, isto causa atrasos", CARALHOOOOOS, ONDE EU VOU FICAR DENTRO DESSE METRÔ BOMBADO?! Gente, é uma coisa óbvia, né?! Se eu tô na porta é pq eu não consigo ficar no corredor.
"Só ultrapasse a faixa amarela quando o trem abrir as portas", faz todo o sentido. Mas não na estação Sé, no horário de pico. A avalanche vem lá de trás e você não consegue conter. Eu não sei explicar como as pessoas não caem na via, não sei mesmo. É tanto empurra-empurra que uma hora dessas vai dar merda [e pode dar merda comigo, inclusive!].

Sem falar que o Brasil, um país tropical, onde a maioria dos trabalhadores "braçais" precisam do trem para irem embora e não contam com ventilação adequada. Gente, é necessário ar-condicionado COM URGÊNCIA nos trens. Não é luxo, não... é questão de sobrevivência, de saúde pública, sabe?
Fico imaginando os idosos, as gestantes, os portadores de deficiência e as mães com crianças de colo passando por tudo isso. Eu, uma simples cidadã já passo mal. Ando munida de leque, álcool em gel e sachês de sal ... imagine alguém debilitado de verdade.

Mas olha, sempre tem gente em estado pior do que você nessa vida. Não sei se serve de consolo, mas a situação na China é MIL VEZES PIOR. Os moradores do país mais populoso do mundo também sofrem ao embarcar no metrô, gente. E sofrem de verdade.
Olhando este vídeo abaixo, eu levanto a mão pro céu e tenho até vontade de abraçar nosso prefeito, viu?! Putaquemepariu... o que significa estes guardinhas da plataforma que são contratados e pagos pra te empurrar trem a dentro??
Olha, nem sei do que eu seria capaz de fazer se um japa desses resolve me empurrar pro furdunço. JURO QUE NÃO SEI, BRASIL!


Um comentário:

  1. Amiga, todos os dias vejo esses guardinhas empurrando as pessoas para dentro do trem na estação Pinheiros. E sabe o que é pior? Eles tiram trens que vai para OZ para suprir o outro lado. Resultado, chego que nem sardinha na em OZ. E sem falar naquele povo burro e idiota que quer entrar no trem mesmo sem caber. Gente, hello! Se é para ir trabalhar, tudo bem. Mas já está voltando para casa, sabe? Custa esperar o próximo?
    Saudades sua zagueira!

    ResponderExcluir

Senta o dedo aí!