quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Diálogos essenciais

Cena 1

Na quarta-feira de manhã, sentei para tomar café com a Mazé como de costume. Comi o bom e velho café com leite e um pãozinho na chapa.
Minutos depois fui até a geladeira, peguei meu danone e minhas fibras. Tava precisando, gente. Patrícia Travassos já estava me assombrando durante a noite. Mazé me fitou e aí começou a conversa:

- Preciso de fibras, minha véia. Não vou ao banheiro desde domingo.
- Virgiminhanossasenhora!
- Pois é, mas com isso aqui é tiro e queda.
- Mas pq você não usa aquele supositório do Digo?
- Hein?
- É um instantinho. Você coloca e vai direto pro banheiro
- Quê?
- Ele derrete, Nina. Não dói
- Tchau Mazé!

***

Cena 2

- Filha, onde é que o Bruno mora mesmo?
- Na Bela Vista, Pai. Perto do viaduto Maria Paula, na rua Santo Amaro que fic...
- Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh, sim. Rua Santo Amaro. CONHEÇO!
- Sério Pai? Você já foi naquela rua?
- Já fui. Foi lá que perdi minha virgindade
- Oi? Como assim?
- Ué, foi lá que eu, com 17 anos, paguei uma noite com uma véia pra eu deixar de ser menino
- Você foi em um puteiro naquela rua?
- Puteiro, não. Paguei uma véia só e fui lá.
- A-ah...
- E aí foi isso. Pãtaquepariu, que dinheiro mais mal gasto. Mas eu precisava disso pra perder o medo, Filha. Pq depois disso.... VIIIIIIIIIIIIIIIIIXXXXXXXXXXXXXEEEEEEEEEEEEEE!!!!

Ah, que bom pra ele, né?!

***

Um comentário:

  1. é a Patricia Pilar q toma o Activia, seu irmão que enfia e seu pai que caga!!!!!! pq NUNCA É NORMAL!!!!

    ResponderExcluir

Senta o dedo aí!