sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Desabafando

Eu nem sei explicar pra vocês o que eu sinto, então nem vou tentar. Daí Nêgo vem aqui, vai me chamar de Mayara Petruso, me processar, vai cagar mil e uma regras e a porra toda. Então, deixa quieto.
Mas assim, se eu quiser fazer alguma ação ou um bem social, por favor, eu faço. Mas só faço quando me der vontade, beleza? Não adianta me empurrar guela abaixo que não funciona.
Eu não aguento chilique, não aguento piada fora de hora, não aguento intromissão nas minhas conversas. Por mais problemático que a pessoa possa ser.
Pergunta se a pessoa rasga dinheiro. Pergunta se não sabe o caminho de casa. Ah, então vá pra merda.
E eu aqui, com dor de cabeças desde às 21h de ontem e tendo que aguentar "zumzumzum" no meu ouvido logo cedo. Aí eu sou xucra, respondo atravessado, finjo que não tô nem aí... mas eu tô. TÔ PUTA!
E pra finalizar: quem quer fazer ação social, integrar fulano na sociedade, que aguente tudo que está por vir, né?! Quem pariu Mateus, que balance o berço - na minha terra funciona assim.

2 comentários:

  1. Na nossa Branquela. Você já sabe, pois tenho HORROR a esses porras que querem mandar, passando por cima da vontade, da opinião e o k7 a quatro, dos outros. Não cede não branquela, pois sinla será uma igual. Igual a esses babacas sem respeito e sem moral...bjks tô contigo.

    ResponderExcluir

Senta o dedo aí!