terça-feira, 6 de julho de 2010

O adeus formal de Dunga

E a carta que o anão xucrão ex técnico da seleção brasileira Dunga mandou para o Safadíssimo Ilustríssimo Senhor Doutor Ricardo Teixeira, presidente da tão organizada e limpa CBF, o que vocês acharam?
Que palhaçada! Desde quando esse gaúcho fala com tanta cordialidade à alguém? Quanta formalidade, gente. Achei um horror e de um baita mau gosto. O uso de palavras pra lá de ultrapassadas encheram meus olhos de vergonha.
Pô, pede uma ajudinha pro Jorginho - seu leal assistente técnico - mas também não deixa ele cagar no pau desse jeito, né? E outra, quantos anos tem seu assessor de imprensa? 85? Só pode! Deve torcer pro Grêmio ainda por cima, aposto!

Ó, e quero deixar claro que na minha opinião, os quatro anos que Dunga comandou a seleção foram vitoriosos, sim. Todo mundo só sabe olhar pro erro, pra derrota, mas ninguém vê tudo o que o cara conquistou ao longo desses anos.
Tudo bem que a Copa do Mundo é bem mais importante e que também ele deu uma pisada na bola com suas grosserias e exageros mas eu queria ver neguinho sentar o rabo lá onde ele estava e fazer um trabalho bem feito. Falar é fácil, né galera? Mas também, o cara pediu, né?! Montou uma seleção COERENTE e repleta de jogadores meia boca. Agora aguenta!

Para ler a carta do estouradinho na íntegra, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Senta o dedo aí!