terça-feira, 25 de maio de 2010

Tô no pião, tô no mundão...

Então, li por aí que hoje é o Dia da Toalha. Mas como não tenho nada pra falar sobre as toalhas de casa e muito menos sobre o "Guia do Mochileiro das Galáxias", vou escrever sobre as minhas paranóias mesmo.
Tenho apenas três dias de silviço pra cumprir. Tô tipo num aviso breve, sabe como é?! Não que eu queira trabalhar e ir pro Itaim Bibi feliz e contente. É só pq eu quero receber o salário do mês inteiro, coisa de pobre mesmo, mas fazer o quê?
Eu queria que vocês me dissessem se é comum essa ansiedade toda. Esse sentimento de "por onde eu começo?" ou "será que vai dar pé?" está tomando conta de mim. Ontem eu comprei um Notebook pra trabalhar e sonhei com ele, aberto no Outlook e eu trabalhando feito uma vaca véia. Se o sonho for um relato do futuro, fico feliz. Pelo menos eu estarei usando a parada e trabalhando, né?!
Eu sou muito preocupada com dinheiro. MUITO! Odeio dívidas e dever pra alguém, mesmo que seja pro meu irmão. Isso me deixa louca! Mas sem parcelar é impossível de se ter certas coisas, né?! (Ainda) não consigo pagar tudo à vista como gostaria e, como não possuo cartão de crédito (por pura opção, que fique claro), acabo pedindo emprestado e parcelando a vida no nome do Rodrigo. Eu pago, viu gente. Mas dormir pensando que devo dinheiro me deixa prá lá de enlouquecida. Eu passei por isso com o lance do meu carro (que também estou pagando em suaves parcelas pro meu irmão) mas aos poucos estou me aquietando.
O lance que me deixa com os nelvos duros e tensos é essa minha nova rotina, meu novo estilo de trabalho que optei seguir. Será que vai dar certo? Será que vou conseguir me manter? É muita coisa na minha cabeça, estou as ponto de surtar.
Preciso fazer tanta coisa, falar com tantas pessoas e aprender diversos esquemas que às vezes eu me pergunto: Será que é isso mesmo? 
Bom, é o outro caminho, o desconhecido e eu quero ir até lá e ver qual é. Não tem jeito. Se eu não tentar, vou ficar me lamentando e me punindo a vida inteira por ter tido a oportunidade e não ter aproveitado. Então, eu vou meter as caras na janela do NOVO e ver o que pega por lá.
Já estou dando os primeiros passos e tô andando com fé pq ela não costuma falhar.

Ah, gostaria de aproveitar o espaço aqui concedido e pedir pro meu Anjo da Guarda me dar a resposta praquilo que estou aguardando ansiosamente esta semana. Queria muito começar esta minha nova vida experimentando novas esperiências. 
Por enquanto, sem muitas explicações, mas se rolar, eu conto aqui. Por ora, o assunto pertence somente a mim e ao meu Anjinho que me olha e zela por mim.

Vai na fé, Nêga!

Obs:. Título e final da postagem em homenagem ao "mano" Sabotage, que estava embalando meu relato. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Senta o dedo aí!