terça-feira, 20 de abril de 2010

Multada


A primeira multa a gente nunca esquece.
Ainda mais quando você é multada às 17h32 de um sábado de sol.
Quem é o fdp que está na rua canetando a galera nesse dia e horário?
Pois é, eu fui a felizarda. E detalhe: saí da Serra de Bragança – onde estava estacionado o meu Possível, prejudicando o embarque o desembarque dos passageiros de ônibus – e fui para um bar na Tobias Barreto. Nem vi o tal papel lá, preso no meu pára-brisa.
Na hora em que saí do Bar do Gaúcho dá o cu e fala tche, já era quase meia-noite, foi aí que vi o papel lá, descrito com a minha infração, vejam só...
Fiquei triste. Não queria atrapalhar o embarque e desembarque dos passageiros do busão, logo eu, que sempre usei o Mercedão, né?! E queria menos ainda gastar dinheiro e levar pontos na carteira.
Mas só de pensar que muitas outras ainda virão, fico mais sossegada!

3 comentários:

  1. CARACA!!!! Nina, só vc mesmo!!! Levar multa e ainda de caneta, nem eltrônica (radar), se fosse seria mais normal. hahahahahah
    Parabéns!!! Bem vinda ao mundo dos motorizados! rsrsrs

    ResponderExcluir
  2. O duro é só enxergar a multa "presa no pára-brisa" depois de quase sete horas né...FALA SÉRIOOOOO

    ResponderExcluir
  3. Vc pensa que Kotoco não multa, né? Makotoko te fode... hihihihihi

    ResponderExcluir

Senta o dedo aí!