domingo, 24 de janeiro de 2010

Hora de MOFAR!

Cara, na boa, eu vou mofar. Gente, não pára de chover nessa terra. Tá absurdo. Nunca vi um negócio desse. Deus que me livre!
Como diz meu pai, "isso aqui tá parecendo o Amazonas, que chove de 15 em 15 minutos. Lá, as pessoas marcam encontro antes ou depois da chuva!"
Desde que começou o ano, a aguaceira não deu trégua e aí, já viu: enchentes, tragédias e Roberta encharcada. 
Na sexta eu saí com o Bruno debaixo de chuva, mas ela estava bem fraquinha. No sábado eu fui na depilação e estava chovendo. De lá eu fui pro Valdir (o melhor cabelereiro do bairro) sob chuva forte. Saí de lá: chuva! Fui pra festinha do Sogrão* no Jabaquara de moto e voltei parecendo um PINTO MOLHADO. Hoje (domingo) peguei uma puuuta chuva na hora de voltar pra casa. O terminal Bandeira estava debaixo de lama e lixo (foto acima). Uma cena assustadora! Eu estava cagando no pau, morrendo de medo de entrar no metrô e ser tomada por água debaixo do túnel que liga o Bresser até o Belém. Mas, graças a Deus, o metrô ainda funciona bem nessa cidade.
Bom, quarta-feira é meu aniversário e eu tenho plena certeza que vou comemorá-lo debaixo de chuva. Só queria que São Pedro pegasse leve, senão nem eu e nem meus convidados vamos conseguir brindar os meus 27 anos :/

Obs:. * - Coloquei um asterísco na frase em que citei a festinha do Sogrão pq foi lá onde cantaram o primeiro "parabéns pra você" para a minha pessoa. Esta foi a minha primeira homenagem de aniversário!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Senta o dedo aí!