quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Carta para o Papai Noel – por Roberta Nina

Escrevi uma carta para o Papai Noel.
Quer dizer, escrevi a carta com os meus pedidos para que a Lele colocasse no blog dela. Essa é uma tradição que a mesma faz todos os anos na sua página: os amigos escrevem as cartinhas, e a Lele divulga.

Não sei se o Barba tem o hábito de ler os nossos pedidos pela internet, mas, em todo caso, minha carta está publicada no ENEAOTIL e aqui também (melhor reforçar...).

Ajuda eu aí, Coroa!

***

Papai Noel, velho batuta,

Por favor, não passe de um filho da puta neste final de ano e atenda os meus pedidos. Eles são simples e objetivos, te juro! Gostaria que as coisas na minha vida funcionassem assim, de maneira rápida e direta. Por isso, vou agir com o Senhor do mesmo modo que gostaria que agissem comigo.
Quero receber milagres materiais e pessoais. Será que rola uma ajudinha em algum aspecto?

Vamos aos pedidos. Primeiro os materiais:

1) Primordial: DINHEIRO
Se o Senhor me der de presente um aumento significativo, os outros pedidos vem facinho. Caso contrário, eu terei que suar o bigode e fazer muita economia para conseguí-los.

2) Um CARRO
Não precisa ser zero, não. Sendo conservado (e não muito rodado) já está de bom grado. Cansei de ser pedestre. Meus pés só querem ter o trabalho de acelerar e brecar. Só! Ah, apenas uma exigência: Fiat Uno, NUNCA!

3) VIAGEM
Quero muito conhecer a Europa esse ano. Quero sentir a neve, passear por várias cidades, provar o gostinho que cada país tem. Ah, e passar pelo Café “Les 2 Moulins”, em Paris e me sentir um tiquinho de Amelie Poulain.

Agora os pedidos pessoais, mas sem discorrer sobre, afinal, se eu preciso de paciência, é pq eu sou uma pessoa desprovida da mesma. Portanto, não preciso nem falar nada, né?!

1) Animo, esperança, paciência (óbvio), fôlego e paz.
Se couber nesse setor, eu queria ter menos dores de cabeça também. Sério.
Também quero aprender a nadar. Afinal, to pagando essa merda de natação e preciso de resultados.
Acho que é isso.
Ah, prosperidade? Cabe aqui também? Hehehe!

Avalie com carinho os meus pedidos. Fui uma boa menina esse ano. Acho que mereço certa atenção da sua parte.
Agora, se resolver me dar somente o dom da paciência, por favor, enfie-a no meio do seu cu.

Beijos carinhosos,
Nina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Senta o dedo aí!