quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Ainda sobre o Tatuapé, o Cauã e eu na novela das oito

Olha, não tô aqui pra roubar o emprego de roteirista nenhum e muito menos meter o dedo na história do Seu Silvio, mas eu estive pensando (estilo Gabriela) em alguns assuntos que o dramaturgo pode aplicar na trama.

Já que o babado vai ser rodado no bairro, nada mais digno do que eu propor ajuda e, esperar pra ver se ele me ajuda tb. O fato é que existem muitas coisas que precisam ser melhoradas naqueles lados de lá e como ontem escrevi muitas diquinhas legais do bairro, hoje eu pensei em duas esquetes (óóó) mais elaboradas pra novela do horário nobre tratar. E eu vou falar:

1) Trânsito na Radial Leste – CENA 1
Gente, isso é sério. Alguém nesse mundo tem que fazer alguma coisa, nem que essa pessoa seja o Silvio de Abreu. Sei que trânsito não é um problema apenas do Tatuapé Querido, mas já que ta lá fazendo novela, embute um drama na fita, né?!
Muitos carros na avenida e muitos minutos parados no mesmo lugar. Muita gente corta caminho e vai por dentro (pela Moóca) para evitar o enorme fluxo da Radial mas são poucos os minutos de alívio. Quando chega próximo ao metrô Belém, tudo piora novamente.
Eu queria sugerir uma cena para que Seu Silvio possa abordar o tema:

Imaginem que o Cauã (o morador humilde da ZL) tenha uma entrevista de emprego às 9h da matina lá na Berrini (é, pra foder de vez a vida de quem mora mal). Vai ter que acordar às 4h da madruga pra chegar no horário combinado lá. Mas o cara vai sacar a sua magrela e decide ir pedalando até lá, mas quando estiver na Radial, na altura do metrô Carrão, sofre um acidente gravíssimo (calma gente, é só ficção!). Aí fica estirado na via, causando ainda mais transtorno para a galere que precisa bater cartão no trampo.
Aí, chamam o resgate, mas a ambulância não consegue chegar pq.... TÁ PRESA NO TRÂNSITO!!!!!!!!!!!!!
As faixas são super estreitas, lotadas de carros e motoboys. Quero ver furar o paredão pra socorrer o atropelado. Quero ver!
O que vocês acham? Acho uma ótima idéia. Só assim as autoridades vão perceber que a coisa é mais séria do que eles imaginavam.

2) Linha Vermelha abarrotada – CENA 2
A cena é a mesma, só que Cauã, desta vez, vai de metrelho para a entrevista na Berrini. Chega na estação (pode ser Carrão ou Tatuapé, as duas vão ter gente saindo pelo ladrão mesmo. Dá na mesma!) com umas 2 horas de antecedência (tipo, 6h45). Pensa no Cauã engravatado, com uma mochilinha nas costas, um calor de Meu Deus e aquele tamanho todo tentando entrar no vagão. Não vai rolar, gato! Até eu com meus 50 quilos e 1,56 de altura não entro na parada, imagina você!
O tempo vai passando e mais gente vai chegando na estação. E você ali, parado. Não sabe se entra, se sai, se pega o metrô no sentido contrário ou se esguela de tanta raiva.
Aí você decide entrar na minhoca de metal. Um puuuuuta calor, um bafo quente sobre pelo seu corpo. Você segura sua mochila e também as outras 18 pessoas que se escoram nas suas costas. Tudo isso com o metrô andando lentamente, brecando de maneira brusca e parado por mais de 5 minutos embaixo do túnel que liga o Belém a Bresser. Aí o Cauã começa a passar mal e sua pressão começa a cair. Aí vem aquele Tiozinho bem mal educado que fica nervoso ao ver o menino pálido, acha frescura e solta a famosa frase: “Quer conforto? Vai de Táxi!”
Nisso, ele desmaaaaia no meio da galere e o povão toca o alarme de emergência. Na próxima estação, vem a maca e os paramédicos socorrer o moço. Aí, cai balão e todo aquele bando de curioso fica em volta do corpo estendido no chão. Depois de alguns minutos, Cauã fica bem e volta a sua cor jambo de sempre, porém, atrasado para a entrevista.

Acho que os dois exemplos acima resumem o maior problema do povo da Zona Leste. Trânsito na Radial e no metrô, com muita gente em todo lugar. E ninguém faz nada!
Sou a favor também da participação do Sr. Paulo Maluf na novela. Assim, ele pode discursar sobre a criação e implantação de algumas pontes que liguem o Tatuapé à Nove de Julho, à Paulista e à Berrini.


4 comentários:

  1. Hahahahaha

    “Estive pensando (estilo Gabriela)”. Achei DIGNO.

    Quero aproveitar e pedir para você reparar na atriz mirim, a filha da Giovana Antonela, na novela das 8, ela sempre fala “estive pensando”. Linda demais!!!!

    Acho DIGNO, muito inclusive, suas dicas para a nova novela. E acho que você deve enviar para o e-mail do autor. rsrsrs

    ResponderExcluir
  2. roberta nina galisteu agora imagina se eu fosse uma das personagens da novela e enfrentar tudo isso e de TIPOIA!!
    ai nem quero pensar viu

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Suas idéias são ótimas, mas a parte do Maluf é a melhor de todas!!! Ele é muito bizarro e essas idéias são a cara dele!!

    bjos

    ResponderExcluir
  4. Vamos convidar o Silvio pra tomar um Guaraná no Varanda!!!! Nunca vi como o Cauan lembra vc???? rs

    ResponderExcluir

Senta o dedo aí!