sábado, 19 de setembro de 2009

Vivo por Ela

"Vivo por ela sem saber
se eu a encontrei ou ela me encontrou.
Já não me lembro como foi,
mas no final me conquistou.
Vivo por ela que me dá
toda minha força de verdade.
Vivo por ela e não me pesa.



Vivo por ela eu também
E não há razão pra ter ciúmes.
Ela é tudo e mais além
Como o mais doce dos perfumes.
Ela vai onde quer que eu vá.
Não deixa a solidão chegar.
Mais que por mim,
por ela eu vivo também.

É a musa que te convida
a sonhar com coisas lindas.
Em meu piano às vezes triste,
a morte não existe
se ela está aqui.

Vivo por ela que me dá
todo o amor que é necessário,
forte e grande como o mar,
frágil e menor do que um aquário.
Vivo por ela que me dá
força, valor e realidade
para sentir-me um pouco vivo.

Como dói quando me falta
(Vivo por ela em um hotel).
Como sai quando me assalta
(Vivo por ela em minha própria pele).
Se ela canta, em minha garganta
minhas lástimas mais negras espanta.

Vivo por ela e ninguém mais
pode viver dentro de mim.
Ela me dá a vida, a vida...
Se está junto a mim...
Se está junto a mim...
Desde o placo ou contra um muro
(Vivo por ela e ela me tem).
No transe mais escuro
(Vivo por ela e ela me tem).
Cada dia uma conquista.
A protagonista é ela também.

Vivo por ela porque vai
me dando sempre a saída,
porque a música é assim,
fiel e sincera
pela vida.

Vivo por ela que me dá
as noites livres para amar.
Se eu tivesse outra vida, seria
Dela também... "

Pro seu dia :=)

Um comentário:

Senta o dedo aí!