quinta-feira, 6 de agosto de 2009

50 anos de Turma da Mônica

Cada vez que eu vejo um gibi da Turma da Mônica, abro um sorrisão e lembro com muita saudade e alegria da minha infância.

Eu sempre fui fã de assistir filminhos infantis no vídeo cassete. Lembro muito bem que toda semana eu ia com a mamãe até o Vídeo X da rua Tuiuti e alugava uma penca deles. Não só da Turma da Mônica, mas esses eram os meus prediletos. (Um dia me arrisquei a assistir “Chapeuzinho Vermelho” e fiquei noiada. Meu, o Lobo comia a Vovózinha e foi um baque pra mim, juro!).

Num belo dia de sol, recebi uma correspondência em casa. Eu, lá nos meus 9, 10 anos de idade, achei aquilo sensacional. Imagina, eu receber uma carta...
Quando abri o tal envelope, estava lá escrito que eu tinha sido contemplada com uma assinatura dos gibis da Turma da Mônica. Eu entrei em êxtase! Fiquei mega feliz!
Foi meu pai que me deu um dos presentes mais doces da minha vida.

Todo mês eu recebia 5 gibis da Turma em casa. Eles vinham embalados em um envelope plástico cinza, em meu nome.
Eu ficava tão empolgada que assim que as revistinhas chegavam, eu parava tudo e ia para a sala e começava a devorar aquelas tirinhas com os olhos.
Em uma tarde, eu lia TUDO e ficava naquela ansiedade esperando as próximas 5 revistinhas do mês seguinte.
Acho que deveriam ter me orientado a ler aquelas paradas devagar, né?! Pô gente, eu lia tudo de uma vez... E o próximo envelope só chegaria depois de 30 dias. Que judiação de mim!

Além dessa lembrança preciosa, guardo em minha memória cada minuto que curti, corri e brinquei no Parque da Mônica.
Gente, aquilo era genial! Um castelo. Um verdadeiro Mundo de Faz Conta que eu sempre sonhei em conhecer.
Tem tudo quanto é brinquedo que se possa imaginar. Eu lembro daquela piscina de bolinhas, gigante, cheia de túneis onde as crianças se esbaldavam de escorregar. Outra coisa que eu guardo é um Banco feito para as crianças. Lá, a gente ganhava dinheirinho, cheque e cartão de crédito de mentirinha. Nossa, eu adorei!
Lembro também da casa do Louco, toda feita do avesso (assim como o personagem), colorida e cheia de detalhes engraçados.

Foi um passeio inesquecível que fiz ao lado do meu pai e da minha mãe. Recomendo a toda mãe que conheço a levar seus pequenos lá no Parque pq é maravilhoso, diversão garantida!
Confesso que queria voltar a ser criança só pra poder me esbaldar de novo em todo aquele bando de brinquedo.

Bom, escrevi tudo isso pra dizer que a Turma da Mônica completa 50 anos de vida. O autor e desenhista Mauricio de Souza (que tive o prazer de conhecer na extinta TVJB) deu uma entrevista super bacana para a Revista Viva (de Alphaville) e contou um pouquinho sobre a sua história e a dos seus personagens.

Gostaria tanto que meus filhos tivessem a oportunidade de ler e se encantar, assim como eu, pela Turma da Mônica. Sei que os tempos são outros, mas as historinhas do Mauricio são apaixonantes e fazem parte das melhores lembranças da minha vida.

Ah, tenho um antigo sonho que não consegui realizar até hoje. A minha porção criança e fã da Turma da Mônica sonha em um dia GANHAR UM SANSÃO DE PELÚCIA!!

Segue um vídeo da Turma com uma historinha super bacana que fala sobre boas maneiras.
Eu AMOOO!

Um comentário:

  1. nossa roberta nina galisteu essa sua homenagem aos 50 anos foi porreta.
    eu se fosse vc mandava pro Maurício de Souza e com certeza ele iria chorar de emoção.
    eu do meu lado fiquei emocionada de compartilhar com vc essa emoção.
    com certeza seus filhos vão ler por que todo esse material não se perderá com o tempo, são clássicos são eternos.

    bjs

    ResponderExcluir

Senta o dedo aí!