segunda-feira, 25 de maio de 2009

Nós gatos...

Nunca pensei que eu fosse falar isso, mas...

Gente, eu mudei de opinião com relação aos gatos. Sim, eu ODIAVA gatos. ODIAVA. Agora não odeio mais!

Não era por frescura, não. É pq além de morrer de medo de levar um arranhão, eu tenho pavor daquele baaaando de pêlo. Minha garganta embola e eu espirro só de pensar nisso.

Os sintomas não sumiram, mas deram uma boa diminuída. Tudo isso também pq eu conheci 3 gatinhos especiais. Vou contar...

Era uma vez a Claudia. Ela morava com a Paulinha. E elas tinham CINCO gatos. DOIS da Paulinha e TRÊS da Claudia!
Eu tinha pavor de ir na casa delas. PAVOR!

Os gatos da Paulinha tinham nomes dos doces que ela mais gostava: Charlotte e Gateau, e os gatos da Claudia, fumante assumida se chamavam: Bic, Lux e Zippo.

O tempo foi passando e eu analisando aquele bando de gatos. Sempre me falavam: "Dorme aqui", e eu super resistente... Imagina dormir no meio daquele bando de pêlo? Era internação na hora!

A Paulinha se mudou. Foi morar em um barco (é, isso mesmo) e teve de deixar os gatinhos com um casal de amigos. A Claudia passou a ficar só, com os três que levavam nomes de isqueiros.
Bom, já deu uma bela amenizada no ambiente, né?! Hehehehe...

Passei a frequentar mais a casa da Clau e uma vez, aceitei o convite de dormir por lá. Além da companhia ser extremamente ótima, a casa dela era agradável demais. Adorava ficar lá. E com o tempo, os GATOS se transformaram aos meus olhos.

Fui com calma. Comecei passando a mãozinha de leve (e carregando comigo um baaaando de pêlos), depois fui chegando perto, pegando no colo, jogando bolinha pra eles pegarem... e assim foi. Quando eu vi, estava APAIXONADA por eles.

Tinha dias que eu ia para a casa da Clau e esperava ela chegar do trabalho para fazermos algo juntas e ficava lá, sozinha, com eles... Via TV, comia um miojo e falava com os gateeenhos enquanto esperava a Clau.
Quando acordava no dia seguinte, já podia ouvir os "miaaauusss" de bom dia, na porta, só esperando você abrí-las.

Cada um tinha seu jeitinho especial de ser.
O Zippo era o mais chatão. Ele era cinza e odiava carinho. Você só podia estender o indicador para que ele mesmo passase a cabecinha no seu dedo.
O Bic era mais de boa. Era todo branco e só observava. Era mais provocador, mas era bonzinho e brincalhão.
Agora, o Lux era o meu preferido. Lindo! Branco com umas manchinhas pretas no rosto, com os olhos azuis. Era o mais carinhoso. Ai, o mais fofo!
Mas eu gostava muito dos três, da presença deles na casa, sabe?

Um belo dia, a Clau resolver se mudar. Foi morar na Espanha e não tinha como levar os gatinhos e nem para quem dar.
Ela deixou com o ex-marido dela, que em questão de dias quis devolvê-los alegando que os bebês (como a Clau os chamava) estavam destruindo as coisas dele.

Imagina o desespero da minha amiga, lá na puta que o pariu, sabendo que em breve os bebês poderiam ser largados por aí? Até eu entrei em choque!

Mas, graças à Deus, ela achou uma menina que topou ficar com os três gatinhos. Que bom! Todo mundo ficou mais aliviado... mesmo com a saudade, né?! A Clau sempre recebia notícias e sabia que a garota estava cuidando muito bem deles.

Pois bem, a Clau já foi e já voltou da Espanha (rápido, não?!). E a pergunta que não quer calar é: E agora? E os gateeenhos? Ai gente... eles precisam voltar pra Clau.

Sei que as coisas não funcionam assim, afinal, ela deixou os bebês com a menina, né?! E ela deve ter criado muito amor por eles também. Mas são da Clau. Ela que pegou desde pequenininhos! E eles sempre foram a companhia dela.

Imagina só viver sem eles?
Nem são meus e eu já amo tanto. Imagina ela!
Bem que a menina podia devolvê-los, né?! E ir visitá-los quando quisesse!

Acho que a Clau ia ficar muito feliz. E eles também!
Era tão lindo ver o amor que eles sentiam pela dona.

E é por causa deles que eu perdi o meu pavor de gatos.
Agora se algum amigo deseja comprar um cachorro para cuidar eu viro e falo:
- Compra um gato. É mais bonito e mais legal!

Só por causa de vocês três...




Ps.: Fotos do meu arquivo pessoal mas ficou faltando fotos do BICZINHO.
O Zippo e o Lux estão aí. Muito mais o LUX, perceberam?

3 comentários:

  1. o dia que voce conhecer a olivia, voce vai fazer um post assim tb? que lindo. acabei de chegar em casa e lá estava ela, no sofá me esperando. meu irmao me disse, ela ta ai faz uns 5 min, parece que ela sabe que voce vem vindo, não me pergunte o porque. e cá estou, eu e ela, deitada no meu colo me pedindo carinho. amo (L)

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAAAAAAAA quer me matar do coração é?
    Que lindo pequena. Amei o texto e mais ainda ter a certeza do seu amor e carinho por eles.
    Não vejo a hora de te-los por perto e vc também morrennnnndooooo de espirar ao nosso ladinho :-)
    Amo vc de montão.

    ResponderExcluir
  3. vou mostrar esse texto para minha irmã q já teve 8 gatos e agora tem 3 ou 4 nem sei direito.

    fico feliz de ver q vc muda de opinião quem sabe vai chegar o dia q vc vai gostar de véio, crianças e verduras kkkk

    eu sinceramente nao currrrrrrrrto gato nao gosto mesmo do meu maltes lindo e branco q alias tenho um post sobre ele depois leia lá

    bjs

    ResponderExcluir

Senta o dedo aí!