domingo, 19 de abril de 2009

E acordei...

Alguns sonhos são estranhos. E muitos deles exercem um poder enorme sobre nós.
Essa semana eu tive um, foi uma coisa louca, estranha, e eu passei o dia todo pensando na hipótese de como seria se aquilo realmente acontecesse.
Eu acredito que sonhos são nossas vontades reprimidas. Ou quando você fala muito sobre algo, ou vive muito intensamente uma situação, isso acaba refletindo no sonho.
No meu caso, acho que falei muito e vivi uma situacão e aí, deu nisso. 

Foi um sonho bacana que me deixou atordoada. Eu iria viver uma história que eu sempre quis, mas não nesse exato momento da minha vida. Eu teria que abrir mão de algo para viver essa outra possibilidade. Eu não estava certa de nada. 

Enfim, foi sonho. Mas eu passei o dia pensando sobre.
E quando eu analisei o outro lado, o que eu tenho hoje em dia, eu não conseguia me decidir sobre o que era melhor pra mim.

A verdade foi que eu passei a quinta-feira inteira tomada por esse sonho. Mas depois passou.
Estou vivendo minha vidinha, aceitando as condições que ela me dá e estou feliz.
O que tiver que ser, vai ser. Não adianta eu deixar de viver meu presente por conta de um devaneio.


Um comentário:

Senta o dedo aí!