quinta-feira, 30 de abril de 2009

Meu Tatuapé Querido!

Ê Tatuapé Querido....

O que eu não faço pra te divulgar, hein?!
Dei até entrevista para a Gazeta Mercantil de hoje ressaltando suas qualidades.
Meu bairro tá ficando chique, gente! Em pleno desenvolvimento.

Segue clipagem para o deleite da ZL.
Com adjetivos e aspas da sua ilustre moradora - Roberta Cardoso (eu mesma).


E com a colaboração e assessoria de imprensa de Gil Oliveira (é nóis parceira! O próximo clipping é da Folha de S.Paulo)

Esse é o primeiro passo rumo ao BBB 10!
Iéééé, é Tatuapééééé!!!!



Tatuapé em pleno desenvolvimento
São Paulo, 30 de Abril de 2009 - O Tatuapé é a mina de ouro do mercado imobiliário de São Paulo. A mescla de padrões altos e baixos fez com que grandes construtoras e incorporadoras mirassem suas pranchetas para o distrito, considerado pela Prefeitura o mais verticalizado da Zona Leste. Segundo dados do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo (Secovi-SP), foram lançadas 1.989 unidades em 2008, número 28% maior do que em 2007, quando foram colocados à venda 1.528 imóveis. Mas o maior salto foi de 2005 (334 unidades) para 2006, quando foram lançadas 1.508.

Apesar desse crescimento vertiginoso ao longo dos anos, os preços médios dos apartamentos não seguiu a mesma linha. É que houve anos que os lançamentos de imóveis de um, dois e três dormitórios superaram os de quatro quartos. Em 2008, por exemplo, o valor médio atingiu R$ 533 mil, mas no ano anterior, chegou a R$ 638 mil. Mas incontestavelmente o preço médio dos terrenos aumentou de 2006 a 2008. Até o ano passado, o metro quadrado no Tatuapé custava R$ 3,9 mil. E a tendência é aumentar mais, muito em função dos empreendimentos luxuosos que embelezam cada vez mais a paisagem.

Hoje edifícios, com vidro espelhado, dividem espaço com antigos casarões e vilas de operários. Descendentes de italianos, espanhóis e principalmente de portugueses, que se fixaram no distrito há muitos anos, também convivem com moradores vindos de outras regiões da Zona Leste. "O bairro é muito acolhedor, por isso todo lugar que você vai, encontra alguém que mora no Tatuapé querido", diz Roberta Cardoso, produtora de televisão. Desde pequena ela mora no distrito e mesmo hoje aos 26 anos, Roberta não faz planos de se mudar. "Só me mudo, se quando eu me casar, o meu marido fizer muita questão. Mas acho que isso nem vai acontecer." Ela cita a qualidade de vida, como um dos fatores positivos da região. "Aqui tem opções de lazer para todas as idades. Sem falar que tem tudo: parque, lojas, restaurantes, shopping."

"Faltava um empreendimento de altíssimo padrão no Tatuapé", afirma Fábio Romano, diretor de incorporação da Yuny Incorporadora. Por isso mesmo, a companhia em parceria com a Gafisa fez o Montblanc. "A gente está com 35% do Valor Geral de Vendas (VGV) já vendidos’, afirma Romano. Segundo o executivo, o total de VGV é de R$ 130 milhões. São 112 unidades com 264 m de área útil. "O mesmo movimento aconteceu no Morumbi. Era um pedacinho e acabou se expandindo muito. O bairro cresceu muito", afirma Romano. Ele acrescenta que há liquidez suficiente para as vendas acontecerem, "o problema é que há muita oferta de revenda de imóveis", aponta.

Romano diz ainda que o bairro foi aos poucos sendo construído por pequenas construtoras, mas quando os grandes players chegaram, a região se valorizou ainda mais. "Ainda existe oferta de terrenos em pequena escala. Continuamos estudando a possibilidade de investir ainda mais lá."
Segundo Sandro Gamba, diretor de incorporação São Paulo da Gafisa, o Tatuapé é a região que concentra pessoas de padrão mais elevado de toda a Zona Leste. "O distrito tem toda infraestrutura e as alças de saída são muito importantes, como a Marginal Tietê, a Radial Leste." Mas ele pondera que os moradores de maior poder aquisitivo são geralmente pessoas que trabalham na própria região.

Voltado para o padrão médio, Ecolife Tatuapé atrai casais que estão constituindo uma nova família. "O perfil deles mostra que 75% dos compradores são formados ou estão quase se graduando e todos têm carro", afirma Luiz Fernando Lucho do Valle, presidente da Ecoesfera. O empreendimento com 216 apartamentos deve ser entregue até o fim do ano. O VGV previsto é de R$ 50 milhões. "Localização, preço e produto são os fatores que levam as pessoas se decidirem por um apartamento. Nós adicionamos o fator sustentabilidade." Por isso mesmo, os moradores pagam 30% a menos de condomínio.

Gazeta Mercantil – Especial Mercado Imobiliário – 30/04/2009 – Pág. E6

.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Constatações

Tô cansada.
Meu corpo dói.
Minha cabeça mais ainda.
Não aguento mais vir pra esse lugar.
Fazer as mesmas coisas.
Falar com as mesmas pessoas.
Me preocupar com relatório, follow, pauta.
Eu quero férias.
Quero ir embora.
Quero meu quarto, minha cama, meu pijama.

"CHEGA DISSO. NÃO VOU PUDÊ!"

.

terça-feira, 28 de abril de 2009

Isso é que eu chamo de modernidade!

- ATCHIIIIMMMM... ATCHIIIIIMMMM... Cooof-cooof
- Nossa Pai! Que gripe é essa?
- É filha, tô mal. Tomei até injeção hoje.
- Mas como você pegou isso, do nada, assim?? Estranho. Algo errado você fez, tenho certeza. Tomou friagem? Andou sem blusa no sereno? Tomou muito gelado? Andou com o pezão no chão? Fala a verdade...
- Não filha, sabe o que foi?
- Hum, o quê?
- É que eu dormi descoberto no motel!
- ..................

Ah tá. Menos mal.
Podia ser a gripe suína.

.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Por que e porquê?

Eu não estou bem. Definitivamente, não.

Por que, às vezes, o que é importante pra mim não é importante pra alguém? Por que a gente espera tanto das pessoas? Juro que não sei porquê insisto...

Como você se porta diante de uma situação que você não gosta, que não te deixou contente? E quando é contrário? Como você recebe a reação de alguém que não gostou de uma atitude sua?
Você dá mais do que recebe? Você se vê diante de mesquinharias? Tem os dom de cobrar R$ 10,00 de alguém?

Põe olho gordo naquilo que seu amigo está construindo? Fica só ouvindo o que o outro fala ao telefone?

Você cuida das suas coisas? Guarda? Grifa? Lê? Ou só joga fora?

Você sempre pensa no seu próximo, mas ele nunca pensa duas em vezes em colocar no seu c*. E com areia! Porquê existem pessoas assim?

Você faz muito mais do que aquilo que seu trabalho lhe manda? Porquê? Você ganha a mais pra isso? Você sonha com seus clientes? Com seu trabalho? Você é idiota?

Você sonha alto? Falta muito para realizar? Dinheiro vale mais que o sossego?
Odeia depender dos outros?

Gosta de ter seu momento sozinha? E por que não tem?
Você tem dores de nervoso? Você guarda pra si e depois quer explodir?

Chora? Fica de cara feia? Espera que alguém vá te dar carinho? Bater à porta? Pedir desculpas? Mudar? Entender?

Quem se importa? Quem realmente se preocupa?
Quem está do seu lado, seja qual for sua condição? Quem nunca te abandona?

Quem conversa? Quem faz questão de falar que não gostou da atitude?
Jogar limpo...

Tem preguiça? Má vontade? Se acomoda?
Pode me ouvir com atenção?

O que vale mesmo a pena pra você? O que realmente é importante?
Com tudo isso que te incomoda, você acha que pode mudar? Melhorar? Ou pelo menos se expor?

São perguntas que eu me faço nessa hora. E são todas essas situações que realmente me entristecem.

Talvez eu seja louca, chata, sangue ruim. Talvez não.
Não sou perfeita, pelo contrário.
Mas, talvez o que eu precise é que as pessoas sejam para mim um pouquinho do que sou para elas.

Prometo (tentar) sorrir amanhã.

.

domingo, 26 de abril de 2009

*-*

- Olha o sorvete, olha o sorvete!
- Moço, eu quero. Me dá duas bolas de sorvete, por favor?!
- Opa! E qual é o sabor?
- Paracetamol!
- Ãhn?
- É. Paracetamol. Com cobertura de doce de leite, vai... 

(Sempre quis!)



sexta-feira, 24 de abril de 2009

Mocinha cuidadosa

Essa é a pérola da sexta-feira.
Olha o cuidado que minha amiga tem com o carro novo dela.

GISELE - cada uma que não é duas! diz:
olha o meu possante
GISELE - cada uma que não é duas! diz:
subi na guia com ele fera
GISELE - cada uma que não é duas! diz:
de bebada
GISELE - cada uma que não é duas! diz:
se liga

Nina diz:
UHAUHAHUAHUHUAHUHAUHA
GISELE - cada uma que não é duas! diz:
hauhahahuauhuhahua
GISELE - cada uma que não é duas! diz:
olha a minha blusa
GISELE - cada uma que não é duas! diz:
e o meu estado com o copo que o limao estava ate seco dentro
GISELE - cada uma que não é duas! diz:
bebada total
GISELE - cada uma que não é duas! diz:
no dia do churras da facul
Nina diz:
cuidado Meme
GISELE - cada uma que não é duas! diz:
uahuahuhauuaha
GISELE - cada uma que não é duas! diz:
parei de beber fera
GISELE - cada uma que não é duas! diz:
so bebo qdo Bó pilota p/ mim


Parou de beber, sim. Você acredita? Nem eu!
.

NO LIMITE!

Gente, tá todo mundo no limite. No osso. Se segurando em um fio de esperança.
O clima tá pesado, a poeira paira no escritório. O silêncio predomina o ambiente.

Eu ia escrever sobre a alta tensão que ronda a Nove de Julho mas não vou. Sabe pq?
Pq hoje é sexta-feira! Acabou a semana e eu quero mais é descansar meu corpinho.

(ps.: Acabou de tocar meu CELULAR e eu atendi VISAR! Preciso descansar meu corpinho e a minha mente)

.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Sem talento e sem beleza. Porém, com dinheiro no bolso

Gente, Susan Boyle tá na moda total, né?!
Todo mundo só fala nela... na bravura, na vitória contra o preconceito.

Eu fico com dó que tenham dó dela. Não precisa disso, vai. Ai que dó!
Só pq ela é tiazinha, feinha e gordinha quer dizer que ela não pode cantar bem?

Vamos olhar pro nosso umbigo, para a nossa indústria fonográfica antes falar da Tia Gringa.

Olhem pros nossos cantores, eles são feios, zuados e aloprados, não tem NENHUM talento (ao contrário da Sussu) e ainda fazem sucesso. Um show de horror a parte!

Ê Brasilzão.... só coisa fina!

1) Tiririca: Era palhaço de circo. Fez sucesso com um hit cujo refrão repeita dezena de vezes o seguinte verso: Florentina, Florentina / Florentina de Jesus/ Não sei se tú me amas / Pra quê tú me seduz?
Quem foi o desgraçado que tirou esse cara debaixo da lona?

2) Latino: Alto que nem uma vara de cutucar estrela, mais magro que meu tio Zeto, com um bigodinho sem vergonha e um mullets horrendo tb ganhou dinheiro com a dançante "Baby me leva" e muitas outras pérolas. E ainda fez festa no apê com a Kelly Kilo (tá, ela tb não é lá parâmetro de nada, mas merecia coisinha melhor).

3) Falcão: "I'm not dog no!" Não precisa falar mais nada... Só vendo o girassol no bolso pra piorar a situação.

E a mulherada não se salva também.

1) Tati Quebra Barraco: A TOP! "Não tenho cabelão, não tenho popozão, sou feia mas tô na moda. Tô podendo pagar hotel pus hómi... então, enfim, é a Tati!". Ela não sabe nem falar que ela vai fazer o show completo! Muito menos bomba nuclear. Tudo vira "compreto", bomba "nucreá". Ai meo...

2) Pepê e Neném: Peraí, é lista da mulherada, né?! Acho que me confundi! E eu tb não sei quem é quem...

3) Stefhany: O fenômeno do Youtube com a sua versão da música "A Thousand Miles" da Vanessa Carlton (???) . "No meu Cross Fox, eu vou sair / Vou cantar, me divertir / Não vou ficar mais te esperando pois agora eu sou... DEMAIS!".
Fora que o nome dela se escreve com FH. Peraí. Ou é PH ou é só F. Né não?!


Me recuso a falar (da feição e do talento) do Alexandre e da Solanja do Aviões do Forró e da Joelma e do Chimbinha pq é uma coisa óbvia!


A Maria Bethânia, Roberta Miranda, Elza Soares, Beth Carvalho e a Simone foram salvas da seleção dos aloprados pq tem o dom da voz. Elas tem mais é que rezar 10 Pai-Nosso e 20 Ave-Maria todo dia pelas cordas vocais que possuem.


É muita bizarrice junta, né?! E depois querem falar da Susan...

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Run Forrest, run!

Se eu falar uma coisa vocês não vão rir?
Ontem eu fui na casa do Bruno pra assistir Forrest Gump. Sim, isso mesmo. Forrest Gump, o contador de histórias. Filme de mil novecentos e guaraná com rolha. Mas eu não tinha assistido, e daí??
Só que eu não tava aguentando de sono... zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz. Vou ter que voltar lá pra terminar.
Aaaah, tava tããããoooo legal!!!!!!!!!! Mas meu olho tava fechandoooooo....

Não quero que ninguém conte as paradas aqui, hein?!
Me deixem assistir o clássico do cinema em paz.


.

terça-feira, 21 de abril de 2009

Coisas que a gente nunca esquece

Cara, certas coisas (e pessoas) são inesquecíveis. Passe o tempo que for, a gente sempre lembra de alguém que marcou nossa vida ou algum fato.
Minha cabeça é um mar de imagens. Eu queria poder arquivar todas essas lembranças materialmente, tipo uma foto, uma gravação. Mas eu só as tenho aqui dentro da minha mente. Espero que o tempo não as apague nunca!

Eu me lembro muito bem de quando mudamos de casa a primeira vez. Eu tinha aquela boneca da XUXA grandona, vivia agarrada com ela. Lembro quando um fotógrafo bateu na porta de casa e a mamãe fez um book meu criancinha. Lembro que quando batia o flash, eu saia correndo pra pegar aquela luzinha (que imbecil!).

Também de lembro quando fui assediada na escola quando tinha oito anos. Um garotinho chamado Marcílio (olha o nome do infeliz!) me tascou um beijo no rosto e eu achei aquilo o fim! Fui correndo contar pra minha mãe, chorando (mais imbecil ainda!).
Lembro de quando aquela dentista sem noção arrancou meus dois dentes da frente com um único puxão. Meo, sem palavras pra isso, né?! É óbvio que eu jamais esqueceria. Um trauma pra vida toda. Fora que sangrou horrores e eu parecia o Tião Macalé.

Quando eu ganhei a Casa da Barbie, a bicicleta Cecizinha, o Pense-Bem, o Master System, a piscininha de plástico de 1000 litros, a camisa oficial do Volley Feminino (eu queria ser a Leila!), a fita cassete da Xuxa cantando seus hits em español (isso é coisa fina, hein?!).

Do primeiro filme que vi no cinema - O Maskara! (Caraco, olha eu queimando o meu próprio filme!).
Do primeiro relógio que ganhei - Um Condor Jr. roxo!
Do primeiro patins In Line.
Do autógrafo da Marcia Fú.
Da pasta com 300 reportagens do Denilson, jogador de futebol.
Da primeira vez que fui ao Rio de Janeiro.

De quando eu andava de mobilete com o meu irmão, agarrada nele.
De quando ele comprava roupas pra mim na Side Play (aaaafffffff!)
De voltar de Porto Feliz com às 5h da manhã de todo domingo para ele jogar bola em Arujá.

Das aulas de natação eu lembro tb, só não lembro o pq de não ter aprendido a nadar. Mas eu joguei futebol e mandava bem. Fiz até gol de letra! 
Da minha formatura de oitava série com uma espinha ridícula na bochecha. 
Das cartas que eu trocava com minhas amigas (detalhe: nós éramos vizinhas e nos víamos todos os dias. Aí, chegava em casa e ainda tinha as moral de escrever carta. Haja!!!!!).

De quando fui a primeira vez sozinha na padaria e achei o máximo. 
Da primeira vez que usei lente de contato e fiquei abismada pq via tuuuuuudo sem os óculos.

Do meu colegial, dos passeios com as amigas no shopping, de descer a Tuiuti com uma turma gigante berrando pela calçada.

Da minha primeira menstruação (eu fiquei tão feliz em me tornar mocinha!). Meu pai quase deu uma festa!
Do primeiro beijo numa festinha de aniversário. 
Do primeiro dia com a minha prima Amanda na faculdade.
Do primeiro porre (em Porto Feliz, de vodka com gatorade). Da primeira viagem sozinha (pra Porto Feliz, durante todas as férias).
Do primeiro carinha que fiquei e que tinha carro. Hahahaha, já era espertinha, mano!
Do cara mais velho que já fiquei (hummmm...) e do mais novo (vergonha!). De quando beijou mais de um no mesmo dia (e não era na micareta... hahahaha!). Daquele cara impossível que você sempre quis ficar e CONSEGUIU!!!!!!!! (música de fundo: "We are the Champions, my friiiiend...")

De quando fiz depilação com cera quente a primeira vez. Doeu pra burro e eu chorei.
E de quando tirei o buço, então? Dei um grito tão forte em casa que até o vizinho ficou assustado. Bateu lá em casa pensando que tinha ladrão!

Do primeiro celular. Eu ganhei um TIM de uma amiga. A Camila. Hoje em dia eu nem sei como está a Camila, gente!
Do primeiro emprego: Operadora de Telemarketing. Eu vendia Speedy, quando ninguém sabia o que era banda larga.
Da perda de alguém que eu mais amava. Isso já tem 8 anos. O tempo voa!

Do primeiro namorado. Puxa, disso eu nunca vou esquecer mesmo.
Antes eu tinha um sério problema em falar isso, hoje não mais. Acho que é pq tudo foi resolvido.
Caraca, como eu amei aquele carinha (vou preservar o nome do moço que hoje em dia é casado e já me deu muito problema).
Sabe aquele bando de defeito que você não aceita que alguém tenha? Ele tinha todos. E eu o amava. Achava lindo! Totalmente lindo!
Ele foi foi um dos caras mais importantes de toda a minha vida. E do jeito que eu gostei dele, acho que não vou gostar de mais ninguém.
Mas acabou! De verdade. Tanto eu quanto ele pudemos encerrar juntos o nosso ciclo.

E a gente tb não esquece a primeira bota, a primeira dor de amor.
E passei tudo isso com esse cachorro dos inferno! Hahahaha!
Já quis voltar, já quis morrer e já quis matá-lo.
Hoje em dia, eu só queria vê-lo mais uma vez. Só pra dar um abraço bem forte nele e agradecer por tudo. Tudo mesmo. Tudo de bom e de ruim.
Ele foi fundamental na minha vida. É responsável por eu ser quem sou hoje!

Bom, eu tb não esqueço do primeiro emprego na área, em jornalismo.
E tb daquela que me ensinou tudo que sei hoje. Grande Cátia Rejane!
Da primeira vez desempregada, fudida, sem um puto no bolso... é foda demais!

Da primeira vez que andei de Ferry Boat. Hahahaha, olha só! Foi esse ano. Mó dá hora.
Das primeira vez no avião - eu odeio.
Do Carnaval na Bahia - um sonho! Valeu Claudiaaaaaaaaaaaa!

Nossa, é tanta coisa.... Já escrevi horrores. Acho que o feriado faz isso na gente. Nos faz pensar e relembrar!

Mas se perceber que faltou algo, eu faço o post "Coisas que a gente nunca esquece - Parte II".


segunda-feira, 20 de abril de 2009

Numerologia por Marta Raquel

Hoje ninguém trabalhou na firma. Ah, isso não é novidade! Só a "Mulher de Verdade" que achou que seria...
Enfim, dia de ir no banco, ajeitar a vida, fazer hora no almoço, essas coisas.
Em meio a tudo isso, a numerologia da galera foi feita pela Brisa. Da mãe, do pai, do filho, do irmão, do namorado...de toda a geração. Todo mundo acaba de se conhecer melhor e de saber um pouquinho mais sobre o outro.

Seguem algumas observações que recebi.

Eu:
Carrego comigo 3 números que destacam minha personalidade.
O primeiro número corresponde ao nosso inconsciente, é carmico é a gente não consegue mudar, ou seja é uma característica nossa. Eu tenho o número 5, quer dizer que sou inteligente (e nem fui eu que falei!).
O segundo número mostra o nosso consciente, aquilo que temos controle e que somos capazes de mudar e eu sou o 9, significa sabedoria.
O terceiro mostra aquilo que nos atrai, eu carrego o 4, número da ambição.
Ela me descreveu como uma pessoa inteligente e o melhor de tudo, sábia. Aquela que tem o pé no chão.
Disse que sou teimosa e mandona (hahaha, adorei). Que vou mandar muito no meu marido pq eu tenho o dom. Consigo mandar sem que ele perceba que estou mandando. Óia que vaca que eu sou!
Que desejo ter minhas coisas, tipo carro, casa.. é aí que entra minha ambição. Mas a Bri disse que é uma ambição do bem, já que eu tenho sabedoria.

Rodrigo - meu irmão:
O primeiro número dele é o 5, a inteligência. O segundo é 6, quer dizer que ele é romântico, criativo, meio adolescente, meio bobão (hahaha!). Admira o belo, as artes...
O terceiro é o número 1, que mostra ele como uma criança, com piadinhas e atitudes meio infantis.
Ele é teimoso e tem forte tendência para o mundo das drogas e bebidas. Mas como não é definitivamente o caso do meu irmão, isso se transforma em muito sofrimento. Tipo, ele se maltrata muito por dentro, sofre calado com seus problemas.
É teimoso e rabudo. Tem sorte com tudo nessa vida, principalmente em iniciar novos empreendimentos.
Olha aí Cocão... sai que é tua!

Bruno - meu namorado:
O primeiro número do Tchubão é o 9 que é a sabedoria. O segundo número (o consciente) é o 1 e o terceiro (que nos atrai) é o 1 também.
Ela destacou que ele é ranzinza (nossa, não diga?!), teimoso que nem uma mula e que se atrai por pessoas engraçadas (eeeeeeeeeeeeeeuuu, no caso!).
Ele também sofre do mesmo mal que meu irmão, tem sentimentos e atitudes infantis.

Nossa numerologia combina super. Claro que ele vai ser mandado por mim, mas nosso relacionamento nunca vai cair na rotina. Nossa sinastria é número 1, ou seja, somos um casal companheiro, que se diverte, que dá risada junto.

A Bri se aprofundou ainda mais no meu mapa atral e no dele. Mas isso fica pra um próximo papo.

Querida Martiltes Brizolim: abre logo essa tenda pra eu virar tua cliente, mano!
Ai, adoro essas coisas, gente!

.

A vida vai melhorar...

Imposto de Renda, Título de Capitalização, Previdência Social... aí vou eu!


.

domingo, 19 de abril de 2009

E acordei...

Alguns sonhos são estranhos. E muitos deles exercem um poder enorme sobre nós.
Essa semana eu tive um, foi uma coisa louca, estranha, e eu passei o dia todo pensando na hipótese de como seria se aquilo realmente acontecesse.
Eu acredito que sonhos são nossas vontades reprimidas. Ou quando você fala muito sobre algo, ou vive muito intensamente uma situação, isso acaba refletindo no sonho.
No meu caso, acho que falei muito e vivi uma situacão e aí, deu nisso. 

Foi um sonho bacana que me deixou atordoada. Eu iria viver uma história que eu sempre quis, mas não nesse exato momento da minha vida. Eu teria que abrir mão de algo para viver essa outra possibilidade. Eu não estava certa de nada. 

Enfim, foi sonho. Mas eu passei o dia pensando sobre.
E quando eu analisei o outro lado, o que eu tenho hoje em dia, eu não conseguia me decidir sobre o que era melhor pra mim.

A verdade foi que eu passei a quinta-feira inteira tomada por esse sonho. Mas depois passou.
Estou vivendo minha vidinha, aceitando as condições que ela me dá e estou feliz.
O que tiver que ser, vai ser. Não adianta eu deixar de viver meu presente por conta de um devaneio.


sexta-feira, 17 de abril de 2009

Digníssimo

Amém pessoas, chegou o final de semana. Uhuhuhuhuhu!

Lá vai o pensamento desta sexta-feira:

10 Sonhos Femininos

1. Um deslumbrante vestido tomara que caia.
2. Uma calcinha tomara que tirem.
3. Um sutiã tomara que sustente.
4. Um absorvente tomara que não vaze.
5. Uma meia tomara que não desfie.
6. Uma celulite tomara que não percebam.
7. Um salto tomara que não quebre.
8. Um namorado tomara que me ligue.
9. Um amante tomara que não broxe.
10. Um marido rico... Tomara que morra

Achei Digno!!!


.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Eu divulgo. Se vou emplacar, é outro detalhe...

É, tudo tem os dois lados.
Principalmente na profissão de assessor de imprensa. Você ouve de tudo, eu já ouvi (e li) cada coisa.
É comum ligarem aqui querendo fazer reserva no Josephine, por exemplo:

- Minha senhora, aqui é a assessoria de imprensa do Josephine Bistrô. Para fazer reserva, você deve ligar no número XXXXXX.
- Assessoria de quê? Ah tá!


Muita gente não entende o que a gente faz e é difícil mesmo de explicar.

Na quarta-feira divulguei um release que falava sobre franquias. A idéia era mostrar que em meio a crise, o mundo do franschising continuava a crescer. A Kelly escreveu o texto e citava uma recente pesquisa que mostrou o crescimento do mercado em 2008 e dava ótimas previsões para 2009.
No meio disso tudo, citávamos um cliente nosso, divulgando números e ressaltando que a fórmula de franquias dava super certo. Divulgamos valores para investimento inicial, taxa de franquia, porcentagem de lucro e faturamente bruto. Enfim, uma pauta completa pra caraio!

Recebemos dois retornos inusitados. Como eu disse lá em cima, "tudo tem os dois lados".
Segue o primeiro retorno:

De: Revista Bacana [mailto:revistabacana@revistabacana.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 15 de abril de 2009 13:39
Para: eu@visarplan.com.br
Assunto: Re: [SPAM] Crise aquece o mercado de franquias

Em muitos anos trabalhando como assessor de imprensa e editor, este é o melhor e mais vendável release que já recebi. Parabéns, vocês de fato sabem como vender um cliente, inserindo-o na notícia, com respaldo de uma entidade de classe respeitada e metendo o assunto
no contexto sem parecer comercial.

Prontamente publicado!
Muito grato.

WOW!!! Sensacional, não?!
Mandei até pra minha chefe ver o quanto nós trabalhamos bem. Hahahahaha!

Aí hoje, chego eu aqui no trabalho, ligo o computador e recebo mais um retorno.
Vejam o outro lado:

De: Revista XUCRA [mailto:revistaxucra@revistaxucra.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 15 de abril de 2009 19:29
Para: eu@visarplan.com.br
Assunto: RETORNO DA REVISTA XUCRA

A REVISTA XUCRA, COMO O PRÓPRIO NOME DIZ, SÓ FALA DE XUCRISSES, E NÃO DE COXINHA, EMPADINHA E TAMPOUCO DO ASSUNTO QUE NOS ENVIOU NO RELEASE ABAIXO.

SE NÃO TIVER SUGESTÃO DE PAUTA COM NOSSA LINHA EDITORIAL, FAVOR NÃO ENVIAR MAIS ESTE RELEASE "ESPALHA BRASA".

SE TIVER DÚVIDA DO QUE É NOSSA LINHA EDITORIAL, CONVIDO A VISITAR NOSSO SITE
WWW.REVISTAXUCRA.COM.BR

Nooooouuuusss! O cara ainda escreveu em CAPS LOCK, tipo berrando!

Desculpem-nos pessoal da Revista Xucra. Vocês estão cadastrados no mailling do Maxpress para receber releases ligados à economia, franquias, negócios e gastronomia. Nós apenas fizemos nosso trabalho. Se o assunto não for interessante, não precisa publicar. É só uma sugestão!
Vai ser XUCRO assim lá na casinha do cara***!

Pensei em responder de maneira OGRA, mas respirei e desisti.
Não dou um mês pra esse chifrudo me mandar um e-mail querendo comer de graça no Josephine ou nos restaurantes do meu SergioArnominhavidaévocê. Ou então, implorando por um bombom trufado da Ofner.
Aí, minha vingança será maligna:

- Desculpe Senhor Chifrudo da Revista Xucra, mas esse evento não corresponde com a linha editorial da sua revista.

O que eu faço com esse release agora? Mando pra minha chefe ver o quanto nós trabalhamos bem? Hahahaha. No caso, eu mandei pra Lixeira.

Um bom dia para o Senhor também!


.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Pérola do dia


É do dia de ontem, mas tá valendo:

"Traz esse tar de Barruan prá cá pra ver se ele é intocável mesmo..."

Aaaaffff!

terça-feira, 14 de abril de 2009

I am, You are, He is....

Falar inglês...

Meo, nessas horas eu tenho raiva por não ser gringa. Podia ter nascido na Inglaterra ou naquela bosta de USA, sei lá... eu apoiaria a guerra, seria uma gorda, branquela que só comeria hamburguer e milk-shake do Burguer King mas pelo menos falaria a tal lingua universal.
Mas não. Brasileira, jornalista formada há 5 anos que mal sabe falar o português quiçá o inglês. 

E pq eu tenho que falar inglês? Mas que pressão!! Que saco!! Que lingua chata de se aprender!!
Eu quero é falar francês - Bonjour, ou então o espanhol - Holla que tal?, mas não o How are you? Mas não dá, tem que ser inglês mesmo!

As empresas de comunicação estão cada vez mais exigentes na hora de contratar um funcionário. Um segundo idioma não é mais uma sugestão, é praticamente uma imposição. Se você fala outra lingua, a vaga é praticamente sua. E nesse caso, o inglês predomina.
Eu já estudei, fiz aulas particulares em casa por uns 3 anos quase. Não sou nenhuma nó cega no quesito, mas a gente sempre trava na hora de falar, né?!

Enfim minha gente, como eu quero crescer na vida e ter valor no mercado de trabalho (um valor bem alto, óbvio!) eu decidi (claro que com um empurrãozinho) que vou estudar essa merda de inglês!
Vou procurar uma escola bacana ($$$), mas bem bacana mesmo ($$), peeense numa escola bacana ($). É essa que eu vou escolher! Vai ser difícil, né?! É, eu sei... mas eu vou achar uma!

Ai gente... imaginem a cena, eu beeem fluente na lingua, cantarolando os hits do momento tudo muito certo, tudo muito rápido. Vou até mudar o nome do meu blog para MADE OF CHEESE!

Depois dessa fluência toda, vai vir o emprego dos sonhos (assessora do Barack Obama) e depois disso é só partir pro francês. Pq eu gosto mesmo é do Nicolas Sarkozy!

Uì!



Ode to my family

Agora é só eu e você Pretinho.


"Família! Família!
Papai, mamãe, titia
Família! Família!
Almoça junto todo dia
Nunca perde essa mania..."

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Atesto...

O São Paulo perdeu do CUrintia ontem.
Bom, FODA-SE. Tem outro jogo no próximo domingo e é no Morumbi. E lá Gambazada, O BICHO PEGA!

Só quero fazer um adendo aqui. A galinhada tá achando que tem dinheiro, que o Gordo do Ronaldo é a solução, que as camisas rídiculas roxas são o máximo, enfim... São mesmo um bando de LOUCO que nem estádio tem e ficam fazendo um fuá por nada.

Já deixo claro que se o CUrintia contratar o Riquelme e o Zidane (como estão achando e divulgando por aí), eu esqueço as glórias do meu Tricolor, arranco meus dentes da boca, viro maloqueira de vez e passo a torcer pro timinho da Marginal.
Podem arrancar meu saco se eu não cumprir a promessa!

Ah vá... tão achando que são o quê? Real Madrid? Milan?
Pelo amor, gente!

Que som é esse, Mãe?

Som da segunda-feira: ATCHIIIIIIIIIIIIIIIIMMMMMMMMMMM!

domingo, 12 de abril de 2009

Passou

Certas datas é bem mais legal quando se é criança. A Páscoa é uma delas.
Como pode tudo mudar?
Até ontem eu era uma criancinha colecionando Ovos de chocolates de todos os tipos, sabores e tamanhos. Hoje, eu nem sou tão fã de doces assim. Eles inclusive me dão dor de barriga!

Enfim, mais uma data se foi. Mas uma vez passou batido.
A família se transforma, cada um segue seu rumo. E é exatamente como li em um famoso blog pela internet: "Um dia a família com a qual você viveu alguns dos melhores anos de sua vida se fragmenta. É chegado o momento de você construir a sua" - http://estivepensandoem.blogspot.com/

Era essa exatamente a frase que eu queria escrever sobre esse feriado. E sinto que muitas mudanças virão por aí. Não sei se boas ou ruins.
Mudanças sempre carregam os dois lados. É viver para saber!

Gosto tanto dele assim....

O meu namorado não sabe o que é Libertadores da América e nem o que é Mundial Interclubes.

Tudo bem... Eu também não sabia quem era o Chewbacca!

sexta-feira, 10 de abril de 2009



"Sabe a garota do copo de água?
- Sei.
- Se parece distante, talvez seja porque está pensando em alguém.
- Em alguém do quadro?
- Não, um garoto com quem cruzou em algum lugar e sentiu que eram parecidos.
- Em outros termos, prefere imaginar uma relação com alguém ausente a criar laços com os que estão presentes.
- Ao contrário, talvez tente arrumar a bagunça da vida dos outros.
- E ela? E a bagunça na vida dela? Quem vai pôr ordem?"

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Dica do dia

Deveria ser mais barato almoçar em uma churrascaria na Sexta-feira Santa.
Fica aí a dica...

O que eu vou dizer lá em casa?


Profissão Perigo

Escrever releases e divulgar pautas de gastronomia é engraçado e um pouco "ãhn".
Principalmente para mim que sou a pessoa mais fresca desse mundo no quesito alimentação. Minha refeições diárias se resumem a arrrrrrrrrroz, bife (ou frango) e batata frita. Uma saladinha muito de vez em quando, confesso!
Ás vezes eu bóio um pouquinho, mas olha onde eu estou. Que ironia da vida, não é?!

É complicado, gente. Foi gras, strozzapreti, alface frisée, mostarda de dijon, entrecôte, arroz camargue, cogumelo paris, medalhão de cavaquinha, agnolotti, ragù de cabrito, ossobuco... muita coisa estranha pro meu mundinho!

É um martírio para mim frequentar restaurantes pomposos. DE VERDADE!
O que eu vou comer?
Na hora do aperto, pede um ravióli de mussarela de búfala, ou um risotto com tomate fresco, mussarela de búfala e manjericão. Ou então, gnocchi ao pomodoro basílico e queijo brie. Ou quem sabe um ravióli de mussarela ao molho branco com parmesão gratinado.

Vastas opções, né?
Tudo feito de queijooooooo!

Roberta Aparecida!

Gente, eu sou muito fã de mim mesma.
Olha aqui nesse blog... eu sou minha seguidora.

Ói que coisa linda de Deus!

ps.: Não me pergunte como eu fiz isso. E não tentem fazer em casa!

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Não?

Eu não sou um Ovo de Páscoa!
Eu não sou um Ovo de Páscoa!
Eu não sou um Ovo de Páscoa!

::Bienvenue Mademoiselle::

Heheeeeeeeeeeeeiii, Minhas Amigaaaaaaa!
Da ZL direto pra Internet.

Isso mesmo. Tomei uma coisa diferente de cerveja - coragem, é claro - e decidi criar um blog.
Não sei pra quê, porquê e o quê vou escrever aqui. Mas calma lá, o primeiro passo foi dado.
Em meio à releases, pautas e follows (nem tanto assim), eu parei tudo e me rendi ao primeiro post.

Espero que dê tudo certo, que o time consiga mais uma vitória eeeeee... vamos em busca dos três pontos para permanecer no G4!

Um especial obrigada para as 'amigaaaaa' da firma que me apoiaram nesse momento (Kelly e Ana). Vou me modernizar ainda mais, em busca do Twitter!

Me leiaaaaaaaammmm!

Beijotchau :)